sexta-feira, 29 de junho de 2012

Seminário abordará a mídia e as relações e as questões raciais


O Instituto de Juventude Contemporânea (IJC) realiza, na sexta-feira (29/06), o seminário “Mídia e as Relações Raciais no Brasil”, que traz como palestrante Luciane Reis Conceição, co-fundadora do Instituto Mídia Étnica uma das organizações que realizou em parceria com a ANDI, a pesquisa sobre a cobertura da imprensa brasileira cerca das questões raciais do Projeto "Imprensa e Racismo".

A análise executada pela ANDI, também em parceria com o Afirme-se, o Geledés e o Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdade (CEERT). O projeto foi financiado pelas fundações Ford e Kellogg. A pesquisa apresentará dados preliminares, especificamente as tendências percebidas na pesquisa sobre a cobertura de cerca de 40 jornais nacionais e regionais, entre 2006 e 2011, no que se refere às questões raciais. Os dados iniciais serão o fio condutor de debate sobre a construção da comunicação brasileira diante do tema.

O seminário

O evento é a etapa final do projeto Camutuê – Comunicação Livre de Racismo, curso que abordou a cobertura da grande mídia em relação à questão racial, oportunizando o conhecimento e a difusão das políticas de igualdade racial na sociedade brasileira, em parceria com a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e o Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce).

O seminário, que também traz a apresentação dos resultados do curso, acontece no Campus do Itaperi, da Universidade Estadual do Ceará - UECE, que oferecerá certificação para os participantes. A atividade acontece a partir das 18h, no auditório Aluísio Cavalcante, do Centro de Estudos Sociais Aplicados – CESA, situado na Avenida Paranjana, 1700, Itaperi.

Luciane Reis Conceição

É publicitária, foi coordenadora pedagógica do Centro Acadêmico de comunicação da Universidade Católica do Salvador. Como Publicitária atuou com assessora de comunicação da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros - ABPN, através da atualização do site e clipagem de matérias e oportunidades profissionais e acadêmicas para os mesmos, assessora da Secretaria Municipal da Reparação-Semur, atualmente presta consultoria pra o governo do Estado da Bahia em gestão participativa e mobilização social. Co – fundadora do Instituto Mídia Étnica fundado em 2006 e foi colaboradora também na área de assessoria de imprensa pra a Conen - Coordenação Nacional de Entidades Negras onde pautou a mesma e suas atividades nos meios de comunicação, atua na comunicação da Central Única dos Trabalhadores - Ba. Contribui com o Site Ciranda Afro pautando a comunidade negra na Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário