segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Debate e festa marcam lançamento do projeto Camutuê - Comunicação Livre de Racismo

Em evento realizado na última quinta-feira (24), no auditório do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará (ADUFC), foi lançado o curso de raça e etnia para profissionais da comunicação "Camutuê - Comunicação Livre de racismo". A atividade contou com palestra do cineasta Émerson Déo Cardoso, realizador do curta metragem "Podem me chamar de Nadí", que trata dos desafios enfrentados por uma menina negra na infância, e com o lançamento da história em quadrinhos "Procura-se Mombaça", da professora Silvia Maria Vieira dos Santos.


O curso tem o objetivo de formar 40 profissionais da comunicação, entre eles, jornalistas, publicitários, radialistas, relações públicas, comunicadores populares e estudantes de comunicação social para a temática raça e etnia e, através de parceria com a Universidade Estadual do Ceará (UECE), oferecerá certificação na modalidade extensão universitária. As formações do projeto serão realizadas em 10 encontros formativos quinzenais e em um seminário, por período de seis meses (entre janeiro e junho de 2012).



O evento foi seguido de coquetel e show de Philipe e Banda.



Comunicação IJC


Siga-nos no Twitter > @IJConline

Nenhum comentário:

Postar um comentário